quarta-feira, 2 de novembro de 2011

'Maníaco da Lanterna' e 'Menino Mau': Assassinos de MT estão na lista dos maiores Serial Killers do Planeta

Doutor Morte (Harold Shipman, de Hyde - Inglaterra), médico condenado a prisão perpétua sob acusação de envenenamento de 218 pessoas; Luis Garavito, a Besta Colombiana, pedófilo preso por ter assassinato 138 garotos; Hu Wanlin, o 'Falso Médio Louco', acusado de prática indevida de medicina e de envenenar e matar 146 'pacientes' na China; Pedro Alonso Lópes, o Monstro dos Andes, com um cartel de 110 garotas assassinadas; e a japonesa Miyuki Ishikawa, a parteira do demônio, que estrangulou mais de 100 recém-nascidos, lideram o ranking mundial dos serial killers, segundo a publicação Herdcore Mundo - estranho, da Abril.

Consta também da publicação os serial killers brasileiros e dois deles são de Mato Grosso: Cláudio de Souza, nascido em 1972, vulgo 'Maníaco da Lanterna", que teria matado 12 pessoas entre 2001 e 2005, no município de Alta Floresta, e condenado a 20 anos de prisão; e Aclides Marcelo Gomes, o 'Menino Mau', nascido em 1979, acusado de matar ao menos 11 pessoas, condenado a 95 anos de prisão - ambos confinados na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá.

Na revista Hardcore, o Menino Mau e o Maníaco da Laterna estão em um espaço reservado para os psicopatas brasileiros, na coluna "Jeitinho Brasileiro" de matar. O espaço é liderado por Francisco de Assis Pereira, vulgo Maníaco do Parque, de São Paulo, acusado de estrupar, torturar e matar pelo menos 15 mulheres no Parque do Estado, situado na região sul da capital paulista.

Considerado psicopata, Cláudio Souza, também chamado de Peninha, ganhou o apelidos de 'Maníaco da Lanterna' porque iluminava o rosto de suas vítimas, a quem chamava de "porcas", antes de violentá-las e depois matá-las. É réu confesso, segundo a publicação. Detalhe: ele foi preso pela primeira vez em 2002, mas fugiu em 2005, do frágil sistema penitenciário de Mato Grosso. Nos três anos em que passou foragido, Cláudio Peninha voltou a ceifar vidas, mas em maio deste ano foi condenado a meros 20 anos.

'Menino Mau', com apenas 20 anos, já tinha matado cinco pessoas. Mas entrou para a história do crime ao executar seis na "chacina dos Altos da Serra", bairro onde morava. Sem piedade, Cláudio Menino Mau matou a traficante Gonçalina Guia Campos, dona de um ponto de revenda de maconha, porque ele se recusara a fornecer-lhe a droga. Menino Mau foi até o local matou Gonçalina em frente de seus dois filhos (à época com 12 e 14 anos), que são as testemunhas principais da chacina. Seus assassinatos e tentativas de homicídio continuam sendo julgados até hoje e já somam mais de 90 anos de condenação, diz a revista.

O jovem ainda será julgado pela chacina e pode acumular uma pena de 150 anos, mas, conforme prevê a lei brasileira, ele deverá ficar apenas 30 anos. No entanto, parece que o Menino Mau, tornou-se agora um 'menino bom'. Isso porque, aceitou Jesus, converteu-se ao evangelho e já é até pastor na cadeia. Atualmente, ele leva a palavra de Deus aos demais condenados, tentando convencê-los de que é possível ter uma vida melhor fora da criminalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...